Praças da região metropolitana de BH são palco do Circuito Instituto Unimed-BH

Instituto Unimed - Praça Floriano Peixoto - Mutirão de limpeza e banco de imagem da praça. Belo Horizonte MG.24/10/2015. © Copyright Élcio Paraíso/Bendita – Conteúdo & Imagem | Todos os direitos reservados | All rights reserved

“A praça é do povo”, diz o Artigo 99 do Código Civil Brasileiro. Como tal, cumpre funções diversas, sejam elas ambientais, estéticas ou sociais, enquanto se constituem em locais de encontro, reunião e manifestação das pessoas. Só em Belo Horizonte existem 790 praças. Praças da região metropolitana de BH são palco do Circuito Instituto Unimed-BHPara estimular a convivência das pessoas nesses espaços, a Unimed-BH estabeleceu em 2010 uma parceria com o poder público e adotou as praças da Saúde (regional Oeste) e Floriano Peixoto (regional Centro-Sul).
Além da revitalização dos espaços, a Cooperativa se responsabilizou pela manutenção de seus jardins e infraestrutura que, bem cuidados, passaram a atrair a atenção da comunidade do entorno e de outras regiões. E para ficar ainda melhor, que tal aproveitar uma programação cultural de qualidade e inteiramente gratuita? É o que o Circuito Instituto Unimed-BH oferece nessas e em outras praças da região metropolitana de Belo Horizonte. Conheça algumas curiosidades desses espaços que recebem as atrações do Circuito:

Praça Floriano Peixoto (Belo Horizonte)

A praça integrou o projeto de construção de Belo Horizonte, situando-se no perímetro da avenida do Contorno, no bairro Santa Efigênia, padroeira dos militares. Seu nome original era Belo Horizonte e passou a se chamar Praça Marechal Floriano Peixoto em 20 de dezembro de 1929, como homenagem ao segundo presidente da República Federativa do Brasil. Ladeada pelo quartel, teve seu conjunto arquitetônico, paisagístico e histórico tombado pelo IEPHA-MG em 1984 e pelo patrimônio cultural de Belo Horizonte dez anos depois, em 1994.

O espaço foi considerado o mais belo e conservado da capital pelo Prêmio Cidade Jardim na categoria Praças acima de 5 mil m², vencendo por quatro anos consecutivos, de 2011 a 2013 e chegando à categoria Hors Concours em 2014.

Praça da Saúde (Belo Horizonte)

Localizada no Bairro Grajaú, a Praça foi construída pela Unimed-BH e inaugurada em 2011, com a intenção de ser mais um centro de convivência e lazer para a comunidade da região. Apesar de possuir dimensões limitadas, possui uma arena destinada a intervenções culturais e apresentações artísticas, além de equipamentos de ginástica, brinquedos adaptados para pessoas com deficiência, barras de alongamento para aquecimento e mesas para jogos de tabuleiro.

Praça Milton Campos (Betim)

Sua história está ligada ao ano de 1750, quando habitantes da então Arraial Bandeirinha solicitaram à Igreja Católica a construção de uma capela. O local escolhido foi o ponto mais elevado, exatamente onde hoje é a Praça Milton Campos. Essa primeira capela tornou-se a Matriz em 1867 e foi demolida em 1969. Em seu lugar, na Praça Milton Campos, encontra-se um monumento à Igreja Velha.

Praça da Glória (Contagem)

Com o nome oficial de Praça Nossa Senhora da Glória, o espaço é reconhecido, sem dúvida, por sua maior atração: uma cascata de sete metros. Construída quando de sua revitalização, em 2007, a praça ganhou pista para caminhada, fontes, palco permanente para atividades artísticas, playground, mesa para jogos e aparelhos de ginástica para alongamento. Além disso, foi implantada uma nova iluminação, placas de sinalização, possibilitando caminhadas. A iluminação também foi cuidadosamente pensada para facilitar atividades noturnas.